Nudges como política pública para aumentar o escasso número de doadores de órgãos para transplante

Roberta Marina Cioatto, Adriana de Alencar Gomes Pinheiro

Resumo


Existe uma escassez de órgãos humanos para transplantes. O objetivo deste artigo é analisar a utilização de nudges como política pública para aumentar o escasso número de doadores. Primeiro, expõe-se a problemática em um contexto mundial e, mais especificamente, no Brasil. Em seguida, explana-se a noção de nudges relacionando-se sua definição com os sistemas de consentimento para doação. Por fim, conceituam-se políticas públicas. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica, descritiva, e, de certo modo, aplicada. Quanto aos dados quantitativos, mesmo que a título de ilustração, a pesquisa foi limitada no acesso a informações disponíveis online sobre transplantes e, no que pertine à fundamentação teórica, à dificuldade de aquisição de literatura a respeito. Como resultado, sugere-se – dentre outras “cutucadas”– a implantação da doação presumida de órgãos como forma de incrementar o número de doadores. Como consequência, conclui-se que nudges podem ser utilizados como política pública para aumentar o número de doadores de órgãos para transplantes. Com o presente artigo pretende-se contribuir para a discussão sobre a implementação de políticas públicas para o aumento do número de doadores de órgãos para transplantação. Portanto, seu resultado tem implicações práticas, sociais e econômicas, uma vez que os transplantes salvam vidas além de reduzir o custo com saúde. Certamente, não se esgotou a matéria. Estudos semelhantes são exigidos à medida que a população envelhece e a pressão por ampliar a oferta intensifica-se. O artigo é original, e é o terceiro de uma série de estudos que vêm sendo realizados no grupo de pesquisa.

Palavras-chave


nudges, políticas públicas, doadores de órgãos

Texto completo:

PDF

Referências


A PARTIR DU 1er janvier, tous les Français seront donneurs d’organes par défaut. Lexpress, 29 dec. 2016. Disponível em: https://www.lexpress.fr/actualite/societe/sante/a-partir-du-1er-janvier-tous-les-francais-seront-donneurs-d-organes-par-defaut_1864325.html?utm_campaign=Echobox&utm_ medium=Social&utm_source=Facebook&link_time=1483015812#xtor=CS3-5076>. Acesso em: 7 maio 2018.

ACRE. Lei Complementar nº 345 de 15 de março de 2018. Disponível em: http://www.al.ac.leg.br/leis/wp-content/uploads/2018/03/LeiComp345-1.pdf. Acesso em: 7 maio 2018.

BENJAMIN, Anna. Don d’organe: “Les prélèvements ne seront pas automatiques”. Lexpress, 30 dec. 2016. Disponível em: https://www.lexpress.fr/actualite/societe/sante/don-d-organe-les-prelevements-ne-se-ront-pas-automatiques_1864548.html. Acesso em: 7 maio 2018.

BRASIL. Decreto nº 9.175, de 18 de outubro 2017. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ Ato2015-2018/2017/Decreto/D9175.htm#art56. Acesso em: 11 nov. 2017.

BRASIL. Lei nº 5.479 de 10 de agosto de 1968. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/ leis/1950-1969/L5479.htm. Acesso em: 11 nov. 2017.

BRASIL. Lei nº 9.434 de 4 de fevereiro de 1997. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/ L9434compilado.htm. Acesso em: 11 nov. 2017.

BRASIL. Lei nº 13.183, de 4 de novembro de 2015. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ ato2015-2018/2015/lei/l13183.htm. Acesso em: 26 maio 2018.

BRASIL. Lei nº 13.656, de 30 de abril de 2018. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ Ato2015-2018/2018/Lei/L13656.htm>. Acesso em: 7 maio 2018.

BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 2.600, de 21 de outubro de 2009. Disponível em: http://bvsms/saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2009/prt2600_21_10_2009.html>. Acesso em: 13 abr. 2018.

BRASIL. Supremo Tribunal Federal. Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5502, com pedido de liminar, impugnando dispositivos da Lei 12.618/2012, que instituiu o regime de previdência complementar para os servidores públicos federais titulares de cargo efetivo. Disponível em: http://www.stf.jus.br/portal/pro-cesso/verProcessoAndamento.asp?incidente=4967555. Acesso em: 26 maio 2018.

BUCCI, Maria Paula Dallari. Políticas públicas e direito administrativo. Revista de Informação Legislativa, Brasília, v. 34, n. 133, jan./mar. 1997.

CHINA to cease prisoner organ transplants. DW, 04 dez. 2014. Disponível em: http://www.dw.com/en/china-to-cease-prisoner-organ-transplants/a-18109346>. Acesso em: 10 fev. 2018.

CHU, Ben. What is ‘nudge theory’ and why should we care? Explaining Richard Thaler’s Nobel economics prize-winning concept. Independent, 9 oct. 2017. Disponível em: https://www.independent.co.uk/news/ business/analysis-and-features/nudge-theory-richard-thaler-meaning-explanation-what-is-it-nobel-economics-prize-winner-2017-a7990461.html. Acesso em: 5 maio 2018.

CIOATTO, Roberta Marina; BOFF, Salete Oro. Concretização de direitos sociais por meio de políticas públicas: uma aproximação necessária. Rev. Fac. Direito UFMG, Belo Horizonte, n. 63, p. 575-613, jul./ dez. 2013. Disponível em: https://www.direito.ufmg.br/revista/index.php/revista/article/view/P.0304-2340.2013v63p575/1447. Acesso em: 3 jul. 2018.

CIOATTO, Roberta Marina; PINHEIRO, Adriana de Alencar Gomes. Transplantes de órgãos humanos no Brasil: a temática não pode ser declarada morta. Revista Direitos e Garantias Fundamentais, Vitória, v. 18, n. 3, 2017. Disponível em: http://sisbib.emnuvens.com.br/direitosegarantias/article/view/1130/0. Acesso em: 25 mar. 2018.

COLÔMBIA torna obrigatória a doação de órgãos. Terra, 8 ago. 2016. Disponível em: https://www.terra.com/ br/vida-e-estilo/saude/colombia-torna-obrigatoria-a-doacao-de-orgaos,b71ddf2d3c7e71918d945694d75c00cel5rg5lo2.html. Acesso em: 29 mar. 2018.

DEN BÜRGERN reinen Wein einschenken. Süddeutsche Zeitung, Munique, 6 märz. 2018. Disponível em: http://www.sueddeutsche.de/kolumne/organspende-den-buergern-reinen-wein-einschen-ken-1.3894155. Acesso em: 27 mar. 2018.

EL ÉXITO de los trasplantes. El País, 12 ene. 2018. Disponível em: https://elpais.com/elpais/2018/01/12/opinion/1515782432_390027.html?id_externo_rsoc=TW_CC&utm_content=buffer2c070&utm_ medium=social&utm_source=facebook.com&utm_campaign=buffer>. Acesso em: 10 fev. 2018.

ESPANHA é campeã do mundo em doações de órgãos. Exame, 17 abr. 2017. Disponível em: http://www.exame.abril.com.br/ciencia/espanha-e-campea-do-mundo-em-doacoes-de-orgaos/>. Acesso em: 13 nov. 2017.

FAN, Jiayang. Can China stop organ trafficking? The New Yorker, 10 jan. 2014. Disponível em: http://www.newyorker.com/news/news-desk/can-china-stop-organ-trafficking>. Acesso em: 1 maio 2017.

FIGUEIREDO, Marcus Faria; FIGUEIREDO, Argelina M. Cheibub. Avaliação política e avaliação de políticas: um quadro de referência teórica. Análise e Conjuntura, Belo Horizonte, v. 1, n. 3, p. 107-127, set./ dez. 1986. Disponível em: http://www.ssc.wisc.edu/~jmuniz/AC-2007-38.pdf. Acesso em: 23 jun. 2013.

FRAGA, Érica; PINTO, Ana Estela de Sousa. Escolas públicas de São Paulo usam teorias de Nobel para reduzir evasão. Folha de São Paulo, 15 out. 2017. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2017/10/1927050-escolas-publicas-de-sao-paulo-usam-teorias-de-nobel-para-reduzir-evasao. shtml>. Acesso em: 5 maio 2018.

FREY, Klaus. Políticas públicas: um debate conceitual e reflexões referentes à prática da análise de políticas públicas no Brasil. Planejamento e Políticas Públicas, n. 21, jun. 2000.

GERMAN patients turn to Croatia for organ donations. DW, 29 jan. 2018. Disponível em: http://www.dw.com/en/german-patients-turn-to-croatia-for-organ-donations/a-42357468. Acesso em: 24 mar. 2018.

GERMANY lags behind in organ donations. DW, 4 jan. 2013. Disponível em: http://www.dw.com/en/germany-lags-behind-in-organ-donations/a-16498057. Acesso em: 24 mar. 2018.

INSIDE the world of kidney trafficking. The New York Times, 20 aug. 2014. Disponível em: http://www.nytimes.com/2014/08/21/opinion/inside-the-world-of-kidney-trafficking.html. Acesso em: 29 mar. 2018.

KEATING, Sarah. The nation that thrived by nudging its population. BBC, 20 feb. 2018. Disponível em: http://www.bbc.com/future/story/20180220-the-nation-that-thrived-by-nudging-its-population. Acesso em: 5 maio 2018.

LOWI, Theodore J. Four systems of policy, politics, and choice. Public Administration Review, v. 32, n. 4, p. 298- 310, jul./ago. 1972. Disponível em: http://www.platonicmedia.co.uk/wp-content/uploads/2011/02/. Acesso em: 1 jun. 2013.

MACHADO, Raquel Cavalcanti Ramos; RIVERA, Laura Nathalie Hernandez. Democratização na era digital: desafios para um diálogo consciente e igualitário. Revista Brasileira de Políticas Públicas, v. 7, n. 3, p. 602-617, 2017. Disponível em: https://publicacoes.uniceub.br/RBPP/article/view/4801. Acesso em: 4 jul. 2018.

MULLER, Pierre; SUREL, Yves. A análise das políticas públicas. Pelotas: Educat, 2002.

NEW DUTCH law makes every adult an organ donor. DW, 14 feb. 2018. Disponível em: http://www.dw.com/en/new-dutch-law-makes-every-adult-an-organ-donor/a-42576784. Acesso em: 24 mar. 2018.

ORGAN SCANDAL forces rethink of donor system. DW, 6 ago. 2012. Disponível em: http://www.dw.com/en/organ-scandal-forces-rethink-of-donor-system/a-16146350. Acesso em: 24 mar. 2018.

ORGAN TRANSPLANT transplant scandal shocks Germany. DW, 21 jul. 2012. Disponível em: Acesso em: 25 mar. 2018. OSSOLA, Alexandra. Crisis in America: medical experts use new tech tools to combat the organ transplant shortage. CNBC, 21 jun. 2017. Disponível em: https://www.cnbc.com/2017/06/20/medical-experts-use-new-tech-tools-to-combat-organ-transplant-shortage.html. Acesso em: 24 mar. 2018.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE TRANSPLANTE DE ÓRGÃOS. Dimensionamento dos Transplantes no Brasil e em cada estado (2010-2017). Registro Brasileiro de Transplantes, São Paulo, ano 23, n. 4, jan./dez. 2017. Disponível em: http://www.abto.org.br/abtov03/default.aspx?mn=515&c=900&s=0&friendly=re. Acesso em: 7 nov. 2017.

SACK, Kevin. A clash of religion and bioethics complicates organ donation in Israel. The New York Times, 17 aug. 2014. Disponível em: https://www.nytimes.com/2014/08/17/world/middleeast/a-clash-of-reli-gion-and-bioethics-complicates-organ-donation-in-israel.html. Acesso em: 04 abr. 2018.

SAMUEL, Leah. To solve organ shortage, states consider ‘opt-out’ organ donation laws. Stat News, 6 jul. 2017. Disponível em: https://www.statnews.com/2017/07/06/opt-solution-organ-shortage/. Acesso em: 24 mar. 2018.

SARAVIA, Enrique. Introdução à teoria da política pública. In: SARAIVA, Enrique; FERRAREZI, Elisabete (Org.). Políticas públicas: coletânea. Brasília: ENAP, 2006. v. 1. p. 28-29. Disponível em: . Acesso em: 21 jun. 2013. SCHMIDT, João Pedro. Para entender as políticas públicas: aspectos conceituais e metodológicos. In: REIS, Jorge Renato dos; LEAL, Rogério Gesta. (Org.). Direitos sociais e políticas públicas: desafios contemporâneos. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2008. t. 8. p. 2307-2333. Disponível em: http://www.enap/. Acesso em: 4 maio 2013.

SHUTE, Nancy. How an economist helped patients find the right kidney donors. NPR, 11 june 2015. Disponível em: https://www.npr.org/sections/health-shots/2015/06/11/412224854/how-an-economist-helped-patients-find-the-right-kidney-donor. Acesso em: 29 mar. 2018.

SOUZA, Celina. Políticas públicas: uma revisão da literatura. Sociologias, Porto Alegre, ano 8, n. 16, p. 20-45, jul./dez. 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/soc/n16/a03n16.pdf. Acesso em: 4 jun. 2013.

SUNSTEIN, Cass R. Nudging: a very short guide. J. Consumer Pol’y, v. 37, n. 583, 2014. Disponível em: https://dash.harvard.edu/bitstream/handle/1/16205305/shortguide9_22.pdf?sequence=4. Acesso em: 6 maio 2018.

TAMS, Carten. Small is beautiful: using gentle nudges to change organizations. Forbes, 22 feb. 2018. Disponível em: https://www.forbes.com/sites/carstentams/2018/02/22/small-is-beautiful-using-gentle-nudges-to-change-organizations/#6fc50c8e5a8d. Acesso em: 5 maio 2018.

THALER, Richard H. Opting in vs. Opting out. The New York Times, 26 sep. 2009. Disponível em: http://www.nytimes.com/2009/09/27/business/economy/27view.html. Acesso em: 24 mar. 2018.

THALER, Richard H. The power of nudges, for good and bad. The New York Times, 31 oct. 2015. Disponível em: https://www.nytimes.com/2015/11/01/upshot/the-power-of-nudges-for-good-and-bad. Acesso em: 5 maio 2018.

THALER, Richard H. et al. Governments are trying to nudge us into better behaviour: is it working? The Washington Post, 11 aug. 2017. Disponível em: https://www.washingtonpost.com/news/wonk/wp/2017/08/11/. Acesso em: 5 maio 2018.

THERESA May’s shift towards presumed-consent organ donation praised by charities and patients. Independent, 5 oct. 2017. Disponível em: https://www.independent.co.uk/news/uk/politics/theresa-may-or-gan-donation-policy-praised-transplants-presumed-consent-opt-out-system-conservative-a7984021.html. Acesso em: 6 maio 2018.

TRUOG, Robert; SEGAL, Brad. Options for increasing the supply of transplantable organs. Harvard Health Policy Review, 2 dec. 2017. Disponível em: http://bioethics.hms.harvard.edu/news/ethical-constraints-organ-rationing. Acesso em: 24 mar. 2018.

VARELLA, Marcelo D.; OLIVEIRA, Clarice G.; MOESCH, Frederico. Salto digital nas políticas públicas: oportunidades e desafios. Revista Brasileira de Políticas Públicas, v. 7, n. 3, p. 561-584, 2017. Disponível em: http://www.sueddeutsche.de/politik/niederlande-wer-nicht-widerspricht-wird-organspen-der-1.3866596. Acesso em: 4 jul. 2018.

WER NICHT widerspricht, wird Organspender. Süddeutsche Zeitung, Munique, 13 feb. 2018. Disponível em: . Acesso em: 27 mar. 2018.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Global Observatory on Donation and Transplantation. Disponível em: http://www.transplant-observatory.org/summary/. Acesso em: 10 nov. 2017.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. WHA 63/22. Princípios Orientadores da OMS sobre transplante de células, tecidos y órgãos humanos aprovados pela 63ª Assembleia Mundial de Saúde, de maio de 2010. Disponível em: http://www.who.int/transplantation/Guiding_PrinciplesTransplantation_WHA63.22sp. Acesso em: 12 nov. 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.5102/rbpp.v8i2.5271

ISSN 2179-8338 (impresso) - ISSN 2236-1677 (on-line)

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia