Seria o Mercosul reversível? Especulações teóricas sobre trajetórias alternativas concretas 10.5102/uri.v9i1.1360

Paulo Roberto de Almeida

Resumo


Discussão dos problemas que afetam o funcionamento do Mercosul, incapaz de realizar seu objetivo maior de converter-se em um mercado comum, e sequer em uma união aduaneira acabada. O foco principal dos problemas do Mercosul não está exatamente em sua arquitetura funcional, mas na inadimplência dos países membros em relação a suas obrigações. Exame das propostas de reforma ou de reversão a etapas mais flexíveis de integração, com liberdade concedida aos países membros de negociarem acordos extra-bloco.

Palavras-chave


Mercosul. Zona de livre-comércio. União Aduaneira. Impasses. Reversão.

Texto completo:

Texto Completo


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/uri.v9i1.1360

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1807-2135 (impresso) - ISSN 1982-0720 (on-line) - e-mail: universitas.rel@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia