FHC e Lula na África sob as perspectivas diplomática e econômica 10.5102/uri.v14i1.3998

Walace Ferreira

Resumo


Este artigo examina um período recente da política externa brasileira (PEB), abrangendo os governos de Fernando Henrique Cardoso (1995-2002) e Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010) nas suas relações internacionais com a África. Com o apoio de dados de pesquisa, mostramos que há uma mudança de rumo na política para a África de um período ao outro. Nossa análise está ancorada em duas dimensões de política externa: as iniciativas diplomáticas; e as relações econômicas, que envolvem o comércio exterior e os investimentos das empresas nacionais no continente africano. No governo FHC a África teve pouca prioridade, ao contrário da gestão Lula da Silva, quando verificamos expressivo desenvolvimento em todas as dimensões consideradas.

Palavras-chave


Política externa para a África; De FHC à Lula; Relações diplomáticas; Relações econômicas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5102/uri.v14i1.3998

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1807-2135 (impresso) - ISSN 1982-0720 (on-line) - e-mail: universitas.rel@uniceub.br

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia